O Natal chega...

Merry Christmas

Merry Christmas

terça-feira, 29 de abril de 2008

Juntos há 16 semanas

Idade do feto: Semana 14

Tamanho do bebê: A medida de seu bebé esta semana, da cabeça ao bumbum, deve variar entre 108 e 116mm. E ele vai estar pesando 80g aproximadamente.

Desenvolvimento do embrião: As unhas estão bem formadas e pernas e braços estão mais longos agora, pernas mais longas que os braços. À cada semana que passa fica melhor para distinguir o sexo do bebé e é bom sempre lembrar o seu médico de verificar novamente se você vai querer saber o sexo do bebé com antecedência.
Dependendo de sua sensibilidade, será possível começar a sentir os movimentos do bebé a partir dessa semana mas, ainda pode ser muito cedo para a maioria das mulheres.

Mudanças em seu corpo: Conforme o seu bebé está crescendo e desenvolvendo, da mesma forma está o útero e a placenta. Há seis semanas atrás, o seu útero pesava 140g.

Agora ele pesa 250g. A quantidade de líquido aminiótico em volta do bebé também está aumentando. Há no momento, em torno de 250ml de líquido. O útero pode ser sentido por volta de 7,6cm abaixo do seu umbigo.
Entre 16 e 18 semanas de gestação o seu médico pode pedir um teste de Alfa-fetoproteína. Esse serve para indicar problemas como anencefalia e espinha bífida.
Agora que sua barriga está começando a crescer, é um bom momento para começar a reeducar sua posição para dormir. Nos próximos meses e especialmente no último trimestre da gravidez ficará cada vez mais difícil de encontrar uma posição confortável para dormir, por isso, comece desde já a deitar-se de lado.

Dormir de costas não é uma boa ideia pois o peso do seu útero em crescimento põe muita pressão em veias importantes como a aorta que corre atrás do seu abdomen. Isso pode diminuir a circulação para o seu bebê e partes de seu corpo. Algumas mulheres sentem como se não pudessem respirar direito ao deitarem nessa posição.
Dormir de brusso põe muita pressão sobre o útero em crescimento. Não é recomendável à partir de agora. Tente acostumar-se a dormir de lado daqui para a frente
.

Boa semana para todas vós.

Beijos da bebecas e bebé

domingo, 27 de abril de 2008

Consulta!!!

Olá queridas amigas,
Ontem lá fui á consulta e não correu muito mal..eheheh....!!!!!
Ganhei 2 kgs, ainda nao tinha engordado nada e neste mês logo 2 kgs...ui ui..mas tambem houve um desenvolvimento significativo na barriguita e a criança tem que desenvolver!!!eheh
Depois a medica perguntou queixas tem????-Não Dra, e duvidas??? BEm duvidas.....Drª duvidas, eu nao tenho quase sintomas não sinto nada...estará tudo bem????? a Drª riu-se e resolveu deixar-me ouvir o coraçaozito do meu bébé...batia bem e muito rápido...disse a Drª....AHHHHH tá otimo...lol!!!
Ecografia só mesmo dia 21/5, onde tambem terei a consulta outra vez!!! terei de me aguentar mais um Mês e qualquer coisa para ver o meu bébé.....irei aguentar????? Rosa ou azul, rosa ou azul ????continua a duvida!!!!!
Eu ainda não sei identificar se é o meu bébé a mexer...mas tenho umas sensaçoes de vez em quando ....acho que há uns movimentos nesta barriguita...eheh!!!
Pois bem minhas lindas, vou indo pois estou cheia de fome :D
Boa semana para todas vós

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Enxoval do bebé

Olá amigas está tudo bem? Espero que sim, hoje venho colocar algumas fotos do enxoval do meu bebé.
Sei que ainda é cedo, mas vou comprando aos poucos.
Desejo vos um bom feriado a todas vós e ás vossas familias.
Aqui fica as fotos:
Uns bodies










Uma manta, para não apanhares frio

Um presente das colegas da mamã

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Palpação dos seios

É importante que todas as mulheres aprendam a fazer um auto-exame da mama, ou seja, que saibam observar e apalpar a mama. Este exame não deve ser feito diariamente, até porque a mama sofre, ao longo do ciclo menstrual (o ciclo menstrual é o tempo que decorre desde o 1° dia de perdas sanguíneas até ao início de outras perdas, quer dizer, cerca de 28 a 30 dias nas mulheres regulares), alterações que poderão ser confundidas com situações graves. A palpação da mama deve ser feita logo após a menstruação, que é a altura em que os seios estão menos sensíveis e menos tensos e, portanto, apenas uma vez por mês.
Nem tudo o que se apalpa é um cancro, muitas alterações sentidas têm a ver com flutuações das hormonas sexuais e são muito frequentes entre os 30 e 50 anos.
É a chamada "Doença Fibroquistica" da mama, a qual se pode apresentar de várias formas. Os seios podem ficar dolorosos antes do aparecimento do período (mastodinia), ficar duros e apalpar-se alguns nódulos (displasia); podem aparecer quistos simples, que são nódulos de conteúdo líquido e que, regra geral, não têm risco significativo de cancro da mama.
Podem aparecer nódulos sólidos, normalmente isolados, de contornos lisos e bem definidos, que se movem facilmente quando os palpamos. Por vezes, aparece um corrimento mamilar claro ou sanguinolento e, neste caso, há que ter cuidado, pois poderemos estar perante uma lesão pré-maligna, provocada por pequenos tumores (Papilomas), os quais crescem dentro dos canais das glândulas, motivo pelo qual não são palpáveis.

As chamadas mastites são infecções da mama que podem formar abcessos, mas não têm qualquer risco de cancro.

Embora estas situações, normalmente benignas, sejam as mais frequentes, sempre que a mulher note qualquer anomalia deve recorrer ao médico, pois só este poderá confirmar a natureza da lesão.

É importante a noção de que a autopalpação da mama feita uma vez por mês, pelo próprio, é fundamental no diagnóstico de possível doença mamária, assim como em caso de necessidade, a mamografia e ecomamária.

No entanto, nem sempre os achados patológicos são de índole maligna e, caso o sejam, há que tratar (operando), já que, hoje em dia, felizmente, grande número de cancros da mama operados permitem uma vida com qualidade durante muitos anos.

Cancro da mama, o que é?

O cancro da mama é um dos problemas, que mais perturba as Mulheres.

O cancro da mama é um dos problemas, que mais perturba as Mulheres Portuguesas. Infelizmente, não se pode evitar, mas um exame ao seio com frequência, poderá determinar de imediato o problema. Saiba como reconhecer este inimigo maligno...
O cancro da mama, tem mais possibilidades de surgir com o avançar da idade. Normalmente, aparece por volta dos 50 anos, mas em qualquer outra altura, pode demonstrar a sua existência. Pelo seu desenvolvimento ser rápido, deve ir ao médico com frequência.

->Observe com atenção os seus seios. Qualquer diferença ou deformação que encontre, contacte logo um profissional nesta área, pois se for maligno, aumentará muito rapidamente. Se algum familiar seu tiver sido afectado por esta doença, é normal que a sua probabilidade de ser afectada seja maior.
->O aparecimento do cancro da mama, leva em muitos casos, a uma infiltração dos gânglios linfáticos em seu redor, ou à afectação de outros orgãos. Se a duração de tempo em que uma mulher, teve a primeira ovulação até à fase da menopausa for demasiadamente longa acautele-se, pois os riscos são maiores.
->O facto de ter amamentado parece, embora ainda não se tenha totalmente certezas, ter um efeito preventivo para o surgir desta doença, em muito casos irreversível. A quantidade da hormona feminina, ou seja o estrógeno, também tem a sua influência para o desenvolvimento do cancro da mama.
->Aquilo que lhe podemos transmitir acerca dos sintomas, que indicam o possível aparecimento da cancro da mama, é o seguinte: nódulos na mama ou deformação da mesma, dores, irregularidades da pele, eczemas e chagas em volta do mamilo, secrecção do mamilo, emagrecimento, palidez e uma intensa fadiga, retractam o cenário negro de que, algo está a correr mal.
->Ao dirigir-se a um médico, pode constatar a gravidade da situação. Se o tumor for pequeno e sem infiltrações em outros locais, será extraído através de uma pequena operação, na qual uma parte da mama ou mesmo a sua totalidade, pode ser retirada. Mas, se o tumor for maior e já tiver atingido outros orgãos, a solução é recorrer à habitual operação e à possível radioterapia, para eliminar as restantes células cancerígenas.
->Em seguida é muito provável, utilizar o método da quimioterapia, radioterapia e, por vezes, da hormoterapia. Medicamentos para eliminar a dor, são muito importantes e utilizados para combater as fortes dores e o mal estar causado.
Para se prevenir, faça exames você mesma ao seios, apalpando-os. A melhor altura para executar esta análise é durante o duche, ensaboando-o e apalpando-o em toda a sua extensão. Quando mais cedo for descoberto o problema, maiores serão as possibilidades de cura.
Actualmente, o cancro da mama, pode ser facilmente descoberto através das mamografias e dos seus auto-exames, ambos feitos regularmente. Muitos cancros da mama foram descobertos logo cedo, o que levou a um tratamento eficaz remediando o problema, em mais de metade das mulheres afectadas.
Cuidado com este problema, raramente afectando os homens e que, tem como sua preferência o seio feminino. Acautele-se pois, na pior das hipóteses, o seu aparecimento pode conduzir a um final fatal...

Actualização da barriga (15 semanas)



Aqui está a tua casinha bebé, espero que estejas a gostar de ai estar : )
Sei que ainda não está muito grande, mas espero que começe a crescer bem rápido.
Espero que gostem : )
15 semanas de alterações na minha vida, noticias boas e menos boas, novos sentimentos nasceram em mim, com esta gravidez.
Roupa que deixou de servir :/, e roupa pequenina que comprei só para ti bebé : )
Tens uns avós muuuuiiito babados, e felizes, desejosos de te ver crescer e poder te pegar ao colo e encherte de mimos.
Quando vou ás compras, junto a roupinha pequena á minha barriga e imagino te dentro dela, como serás?
Parecido comigo? Ou com o papá? Com o tempo termos a resposta.
Desde que soube que estava á tua espera, nasceu dentro de mim um amor incondicional, um amor tão grande que não sei o que seria de mim sem ti bebé, pois és tu o meu grande motivo para viver.
Beijos a todas da bebecas e bebé

segunda-feira, 21 de abril de 2008

Mais uma prendinha dos avós paternos, para ti bebé.
Ontem fomos até casa dos avós, pois eles convidaram-nos para irmos lá e assim fez a mamã.
Estivemos lá a falar com os avós, a avó perguntou por ti, se eu já te sentia a mexer, o que ainda não aconteceu, perguntou se temos comido bem, ao que eu afirmei e se temos falado com o papá, ao que eu respondi que não, pois ele não tem ligado para nós ou até tentar ver-nos.
Fico triste pois sei o quanto os avós gostam do papá, mas esta é a verdade, o papá já não quer saber de nós, achasse muito novo para ser pai. Ele lá tem os seus motivos.
Mas falando de coisas boas, a mamã tem estado com tantos desejos, acreditam que acordei noutro dia com desejo de lasanha???
Sim leram bem, apetecia-me lasanha, ás 3 da manhã.
Ai bebé, já andas a fazer mudanças no teu T0?
Mas bebé tu pede á vontade que a mamã come, a mamã tenta saciar os teus apetites : )
A roupa já não me serve, e quem nos conhece e passa por nós, pergunta logo "Tás grávida?" e eu com um sorriso na cara digo que sim, de 15 semanas.
As pessoas ficam todas alegres e felizes e eu também, pois sei que estás a crescer e a começar a querer mostrar-te bebé.
Pois bem, vou indo, beijos a todas vós

Campanha "Obrigado Mãe!"


Tomei conhecimento, através da mamã da Joana , a Sofia ( http://acegonhacorderosa.blogspot.com/ ), de uma campanha muito importante que está a decorrer e à qual todas nós poderemos aderir com facilidade.
A Ajuda de Berço e a Crioestaminal estão a desenvolver a Campanha “Obrigado Mãe!”, que se irá prolongar até 4 de Maio, data em que é assinalado o Dia da Mãe. A campanha consiste no seguinte: a partir de dia 3 de Abril e até dia 4 de Maio (Dia da Mãe), qualquer pessoa poderá entrar no website http://www.obrigadomae.com/ e escrever uma mensagem alusiva ao tema (Maternidade, Dia da Mãe, Influência da Mãe na vida).
Por cada mensagem recebida, a Crioestaminal irá doar 1 € à Ajuda de Berço!
Vamos ajudar!

domingo, 20 de abril de 2008

Desafio á vista!!!

Encontrei este desafio no blog da mamã Sofia e da sua Joana ( http://acegonhacorderosa.blogspot.com/ ) sendo as regras as seguintes:
1. Colocar o link da pessoa que nos enviou o desafio;
2. Colocar as regras no blog;
3. Partilhar seis coisas sem importância para nós;
4. Indicar seis pessoas a quem passamos o desafio;
5. Avisar essas pessoas deixando um comentário no seu blog.
Assim, as 6 coisas que não têm qualquer importância para mim são:
1- As opiniões destrutivas que, como diz o nome, não motivam nem incentivam;
2- Motas e discotecas: juntei as duas coisas devido ao substantivo que partilham, ruído!;
3- Pessoas mentirosas;
4- Leilões;
5- Muita gente á minha volta;
6- Acho que já não tenho mais para dizer;
Fico á espera de respostas vossas os vossos blogs.

15 semanas só nossas


O bebé

Se você fizer um exame de ultra-som agora vai notar seu bebé sugando o polegar. Os ossos estão ficando mais duros a cada dia. A pele é muito fina e transparente; você pode ver vasos sanguíneos através da mesma. O lanugo, um tipo de pelo muito fino, cobre o corpo e vai continuar crescendo até a 26ª semana de gestação. Nessa fase o bebé mede cerca de 15 cm e pesa em torno de 90 a 120 gramas.


A futura mamã

Dê as boas vindas ao segundo trimestre da gravidez. Essa é uma fase mais tranquila em termos de sintomas. Seu útero começa a sair da bacia.
Você pode sentí-lo 8 cm abaixo do umbigo. Durante as consultas pré-natais, seu médico começará a medir a "altura do fundo uterino" para assegurar que o bebé esteja crescendo de modo adequado. A altura uterina é a medida da distância do fundo uterino ao osso púbico.

Menino ou menina?

Durante o exame de ultra-som o sexo do bebé pode ser determinado (tenha em mente que a determinação do sexo pelo ultra-som não é 100% confiável). Se você vai fazer amniocentese o sexo pode ser determinado pela análise dos cromossomos.
Nenhum desses exames deve ser realizado só com o intuito de determinar o sexo do bebé. Se o seu médico recomendar esses exames por várias razões, pergunte a si mesma se você realmente quer saber o sexo do bebé.
A maioria dos casais, hoje em dia, deseja saber o sexo do futuro bebé, mas se você gosta de uma surpresa especial, é perfeitamente possível pedir ao médico que faz o ultra-som que não diga o sexo do bebé.

sexta-feira, 18 de abril de 2008

“Promovendo um desenvolvimento emocional com equilíbrio…”

Musicoterapia reúne o encontro do som e da música com a harmonia, exercendo efeitos terapêuticos. É um meio de expressão, de comunicação, de estruturação e de análise da relação. Os seus efeitos crescem na relação entre o utente, a música e o terapeuta. Promove o bem estar físico, emocional, cognitivo e social.
O encanto da música com efeitos sedativos são as canções de embalar, cantadas pelas mães para adormecer os seus bebés. O som faz parte do meio que nos rodeia, é absorvido desde o nascimento, ou mesmo antes, com a memória do ritmo do coração materno, produzindo uma sensação de segurança e bem-estar.
A sociedade reprime a expressão de afectos, tornando o indivíduo cada vez mais inibido ou até ausente de afectos. É desde a vida intra-uterina que estes nascem e devem ser desenvolvidos e acompanhados ao longo da vida sem os colocar de parte ou mesmo esquecer… Assim, através do som, o ser humano poderá alcançar um auto-conhecimento que permite dar e receber, sobretudo agora, num mundo sem tempo, podendo partilhar e tornar-se presente no desenvolvimento dos seus filhos.
Através da expressão corporal, o indivíduo facilita a expressão de emoções e dá a conhecê-las sem linguagem verbal.

Objectivos:
- Compreender as próprias emoções e do outro
- Manifestação de afectos através do movimento e da expressão corporal
- Promoção da interacção e desenvolvimento das relações interpessoais
- Promoção da Vinculação/Regulação Emocional
- Aprender a comunicar
- Fortalecimento de laços afectivos pais-bebé
- Desenvolvimento da criatividade
- Redução do stresse e da ansiedade
- Melhorar a auto-estima

terça-feira, 15 de abril de 2008

Acompanhamento Médico numa gravidez normal

A primeira consulta pré-natal deve ser realizada o mais cedo possível. Procurando datar correctamente a gravidez, despistando condições médicas e obstétricas precocemente, para permitir prevenir e abordar atempadamente uma gravidez de risco.
Um exame médico completo deve ser realizado, questionando dados relativos à sua história pessoal e dados sobre doenças conhecidas na família do cônjugue, consaguinidade), história ginecológica e obstétrica, (história da gravidez actual e exame médico geral, tensão arterial e frequência cardíaca, exame ginecológico e avaliação obstétrica adequada à idade gestacional. O recurso a exames da gravidez, analises e ecografia, permitem o rastreio de condições que não estejam na normalidade e uma vigilância do bem estar materno e do desenvolvimento fetal.
Os exames recomendados:

  • Grupo sanguíneo (ABO e Rh) e exames associados no caso de a mulher ser Rh negativo.
  • Rastreio de anemia com hemograma completo
  • Rastreio de infecções:
  • Vaginais através do exsudado vaginal e do colo através do esfregaço cervical.
  • Infecção urinária assintomática, com urocultura e teste de sensibilidade aos antibióticos
  • Rubéola, identificando as mulheres com risco de infecção na gravidez e vacinando no pós-parto para protecção de futuras gestações
  • Toxoplasmose, identificando as mulheres com risco de infecção na gravidez e informando sobre prevenção primária
  • Vírus de hepatite B
  • Vírus de hepatite C
  • Vírus de imunodeficiência humana (VIH), permitindo uma apropriada intervenção antenatal na redução da transmissão mãe-filho
  • Sífilis
  • Citomegalovírus nos casos de profissões de risco: pessoas que trabalham com crianças em infantários, pessoas que fazem medicamentos que diminuem as resistências às infecções e profissionais de saúde
  • Entre as 35-37 semanas exsudado vaginal e rectal para avaliar a colonização pelo streptococco β-hemolítico do grupo B, para prevenir infecção precoce do recém nascido por este agente
  • Rastreio de condições clínicas:
  • Diabetes gestacional, com prova de sobrecarga com 50 gramas de açúcar medindo os valores da glicose 1h depois no sangue materno, no início da gravidez quando na presença de factores de risco para o desenvolvimento de diabetes gestacional, e/ou entre as 24 e 28 semanas de gravidez, repetindo 4 semanas depois. Se o valor obtido for igual ou superior a 140 mg/dl, deverá ser realizada prova de tolerância à glicose oral (PTGO) com 100 mg de glicose.
  • Pré-eclampsia: subida tensional na 2ª metade da gravidez, acompanhada de excesso de proteínas na urina
  • Parto pré-termo
  • Rastreio de anomalias fetais
  • Anomalias estruturais
  • Síndrome de Down
Quando devem ser realizadas as ecografias?
11 – 13+6 semanas

  • Para datar correctamente a gravidez
  • Medição da translucência da nuca “prega da nuca”
  • Diagnóstico de gestação múltipla
  • Detecção de malformações
  • Outros problemas desta fase da gravidez
  • Patologia ginecológica associada (ovários)

20 – 22 semanas

Estudo morfológico com detecção de malformações
  • Avaliação do crescimento fetal
  • Localização da placenta
  • Volume de líquido amniótico
  • O tipo de movimentos fetais
  • Sexo fetal
  • Avaliação do colo do útero
  • Fluxometria-doppler das artérias uterinas, que nos permite indicar, caso esteja alterada, que pode haver mais tarde um compromisso do crescimento fetal ou subida da tensão arterial (Pré-eclâmpsia)
32 – 36 semanas

  • Avaliação do crescimento fetal
  • Detecção de malformações
  • Patologia e localização placentar
  • Volume de líquido amniótico
  • Avaliação do bem-estar fetal
  • Fluxometria nos casos em que se justifique

O nosso lugar

Estamos no 118 lugar no Baby Boom e no Babyblogs




Só faltam 180 dias para te conhecer bebé lindo da mamã.

Beijos

"C" de ...

Encontrei este desafio no blog da mamã do João, a Mara (www.mara-barriguitas.blogspot.com), desafio este que consiste em nomear uma palavra que comece pela primeira letra do nosso nome.


Nome: Carla
Palavra com 4 letras: Carro
Veículo: Corsa
Cidade: Castelo Branco
Nome de Rapaz: Carlos
Nome de Rapariga: Carla
Ocupação: Carpinteiro (mas não é esta a minha profissão)
Peça de Vestuário: Calças
Celebridade:
Comida: Cachorro Quente
Algo que encontramos no WC: Cotonetes
Uma razão para estar atrasado: Carro avariado
Animal: Cão
Parte do corpo: Cara
Palavra que te descreve: Carinhosa

Passo vos o desafio!

segunda-feira, 14 de abril de 2008

14 semanas contigo bebé

14ª semana
O comprimento do feto varia de 80 a 93mm com peso estimado em 25g.
Aparece o lanugo, penugem protectora, em todo corpo do bebé. Olhos e orelhas estão na posição correta. Já tem sobrancelhas e as bochechas e a ponta do nariz começam a aparecer.
Se for menino, a prostata começa a aparecer. Nas meninas, os ovários descem até a pelvis.
O coração da mamã bate mais forte e rápido para bombear o maior volume de sangue.
Seu útero está do tamanho de um abacate. Os seios começam a preparar-se para produzir o colostro, o primeiro alimento do bebé.

domingo, 13 de abril de 2008

Mais um fim de semana que passou em que a mamã e o bébé andaram a ver coisas para o bébé, e em especial a cadeirinha para recém nascido e o carrinho de passeio, também andámos a ver a cadeirinha para o carro mas para mais tarde.
Estivemos a comparar preços e qualidade principalmente, pois quero o bem estar do meu filho.
Inicialmente gostei muito um da chicco, mas agora optei pela Quinny mas sem a alcofa, pois havendo a babycoque dá perfeitamente, mas agora a dificuldade debruça-se pela cor, pois temos várias.
Esta é, até agora, a nossa escolha pelo motivo de ser muito mais leve, fácil abertura e ao fechar também apenas com uma mão. E ao fecharmos, comparando com outros carros de bébé, até agora o da chicco, ficam muito mais pequenos, o que os torna mais fácil de transportar e de colocar na bagageira de um carro, sobrando espaço para outras coisas.
Vimos também outras coisas na loja da bébé confort, inicialmente achei que seria bom para o bébé, que é " Duo banho e muda fraldas amplitude", que é adaptável a todas as banheiras, dá-se banho na banheira pequena quando é recém nascido, e logo ao lado temos um mulda fraldas para que o bébé não saia da casa de banho, ou seja, o bébé não sai do quentinho dos vapores do banho e quando sai já está vestido.
Mas depois de pensar bem, acho que, e também pelo preço, 125€ + IVA, farei como todos fazem com o mulda fraldas na cómoda do seu quarto e mantendo - o sempre a uma boa temperatura o nosso bébé estará sempre quentinho, e dar banho numa banheira normal também adaptável á nossa banheira.
Vi também outra coisa interessante, que é um resguardo, mas polar ou turco, muito fofinho, para o mulda fraldas, isso achei que valia a pena, mas vou procurar noutras lojas, a comparar preços, pois também não era barato, vamos ver o que podemos encontrar.

Um miminho dos avós


Uma compra da mamã

A barriga da mamã ás 13 semanas e 5 dias
Amanhã vou fazer o rastreio e espero que dê tudo bem.Quanto a sentimentos sinto-me meio adormecida, acho que é por medo. Como ainda estou naquela fase que não o sinto mexer sinto-me muito insegura. Agora só tenho consulta no dia 26 e isso quer dizer que só nesse dia vou ver o meu bebé. Que inquietação sinto dentro de mim.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Lista de enxoval

Lista para o enxoval do bebé!

PARA O BEBÉ
6 Bodies interiores c/ mangas
2-3 Meias 3 Botinhas
6 Calcinhas interiores
8 Babygrows
2 Conjuntos tipo Calça + Camisolinha p/ sair
3 Casacos de lã
1 Casaco de agasalho (rua)
2 Gorros
2 Mantas
8 Babetes 1
2 Fraldas de Pano



HIGIENE
1 Cesto para produtos de higiene
4 Toalhas de banho
1 Banheira (que poderá estar integrada no movel muda-fraldas)
Algodão
Compressas
1 Esponja natural
1 Escova suave cabelo
1 Pente
1 Tesoura pontas redondas Fraldas Descartáveis
1 Gel de banho/champoo
1 Oleo hidratante
1 Termómetro de água
1 Creme hidratante para o corpinho do bébé
Toalhetes
1 Creme Muda da Fralda
Cotonetes
1 Alcool 70º
1 Soro fisiológico (de preferencia em embalagens individuais)


ACESSÓRIOS
1 Saco para transportar coisas do bebé
1 Muda Fraldas
2 Chupetas para recém-nascido
1 Porta-Chuchas
1 Esterilizador de biberões
1 Biberões
1 Escova para lavar biberões
1 Termometro (de preferencia de ponta maneavel)
1 Intercomunicadores
1 Detergente suave proprio para a roupa de bébé

QUARTO
1 Alcofa/Berço
1 Cama grades
1 Colchão ortopédico para cama
1 Movel muda-fraldas
3 + 3 Conjunto Lençóis (p/ cama e alcofa)
2 Protectores
colchão
2 Cobertores
1 Edredon
Luz de presença
Resguardo para a cama de grades



Beijos

terça-feira, 8 de abril de 2008

Olá queridas mamãs, como está a correr a vossa semana?
Espero que bem.
Hoje vou tirar de um blog uma ideia que achei muito boa.
Fui ao blog da mamã da Joana http://acvargues.blogs.sapo.pt/ e tirei a ficha que ela tem do desenvolvimento da sua Joana e restantes coisas.

Peso Kg 56
Aumentei desde do início 1 Kg
Tensão arterial

Sintomas:
Dores de estômago (sim)
Vómitos (não)
Azia (não)
Enxaquecas (não)
Maior frequência urinária (nao)
Aumento da transpiração (sim)
Dores de costas (não)
Dores no baixo-ventre (não)
Problemas de circulação (não)
Infecções urinárias (não)
Cansaço (não)
Pernas inchadas (não)
Mãos inchadas (não)
Lábios inchados (não)
Falta de apetite (não)
Fome (sim)
Aumento significativo do ventre (sim)
Aparecimento de estrias (não
Sono durante o dia (sim)
Isónias (não)
Faz regularmente uma sesta (ão)
Ansiedade (sim)
Contracções (não)
Perdeu o rolhão mucoso (não)
Actividade sexual regular (não)

Hoje também foi dia de consulta, pois foi.
Lá foi a mamã ter com a obstetra e estivemos em espera 2 horas :/
Durante a espera, a mamã esteve a beber muita águinha pa poder te ver : ) e a papar também.
Então fomos á balança, engordei 1 kilo (nada mal), a tensão estava bem , tenho tido é ansiedade. A médica diz que é normal, principalmente por causa da fase em que estamos a atravessar.
Será que ainda é cedo para começar a fazer o teu enxoval?
Agora a mamã só te verá ás 18 semanas, o que ainda falta um pouco.
Beijos para todas vós

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Alterações dermatológicas e fisiológicas da gravidez

Durante a gravidez, assiste-se a profundas alterações imunológicas, metabólicas, endócrinas e vasculares, que tornam a pele da grávida susceptível a transformações fisiológicas e patológicas.
*Alterações da pigmentação
As alterações da pigmentação incluem a hiperpigmentação e o melasma. A hiperpigmentação é um fenómeno frequente, podendo ocorrer em cerca 90% das grávidas.
Observa-se especialmente uma acentuação das áreas já pigmentadas, como as aréolas mamárias, genitais, axilas e linha alba.
Pode também condicionar a acentuação de nevos, efélides e cicatrizes. O melasma ou cloasma (mascara da gravidez) é comum e afecta as áreas malares, centrofacial e mandibular.
Este tipo de hiperpigmentação resulta dos depósitos aumentados de melanina na epiderme e/ou na derme.
A luz ultravioleta e a luz visível podem agravar o melasma e mesmo induzir a sua perpetuação.
Na maioria dos casos, ocorre resolução no pós – parto podendo, contudo, verificar-se recorrência com a gravidez seguinte ou com o uso de contraceptivos orais.
*Alterações das unhas e cabelo
Pode verificar-se hirsutismo, especialmente na face, braços, pernas e dorso, que normalmente regride nos seis meses após o parto.
Durante a gravidez, o período de anagénese do cabelo prolonga-se, e determina que, no pós-parto, um maior número de folículos pilosos entre em telogênese e assim se verifiquem queixas de aumento da queda de cabelo (deflúvio pós parto). As unhas também podem sofrer alterações como estrias transversais, onicólise distal e hiperqueratose subungueal.
*Alterações glandulares
Durante a gravidez, ocorre um aumento da função écrina e sebácea com diminuição da função apócrina, daí que ocorra maior propensão para o aumento da incidência de miliaria, hiperhidrose e eczema desidrótico.
O efeito da gravidez sobre a acne é imprevisível, mas é possível em algumas pacientes, verificar-se um agravamento no primeiro trimestre da gestação.
Durante o período de gestação, as glândulas sebáceas da aréola aumentam e aparecem como pequenas pápulas castanhas denominadas de “glândulas de Montgomery”.
*Alterações no tecido conjuntivo
As estrias gravídicas (striae gravidarum) desenvolvem-se na maioria das mulheres entre o sexto e o oitavo mês de gravidez, sendo os locais mais frequentes de aparecimento, o abdómen, zonas mamárias, coxas e área inguinal.
* Alterações vasculares
As transformações vasculares resultam da distensão, instabilidade e proliferação dos vasos e tendem a regredir depois do parto.
São frequentes, as telangiectasias, as veias varicosas, a instabilidade vasomotora (flushing facial, palidez, sensação de calor e frio, cútis marmorata das pernas), e eritema e edema gengival.
É importante que, quer o médico, quer a grávida saibam reconhecer estas alterações fisiológicas para que se evitem preocupações e tratamentos desnecessários. (http://www.medicosdeportugal.pt/ )

domingo, 6 de abril de 2008

Tamanho do bebé: A medida de seu bebé esta semana, da cabeça ao bumbum, deve variar entre 65 e 78mm. E o seu peso vai estar em torno de 13 e 20g.

Desenvolvimento do embrião: Desde a sétima semana até agora, o feto dobrou de tamanho. Umas das mudanças marcantes agora é que a cabeça do feto diminui a velocidade de crescimento em comparação com o corpo.
Suas medidas estão ficando cada vez mais proporcionais.
O rosto de seu bebé está tomando formas mais humanas. Os olhos que, começaram a aparecer nos lados da cabeça agora estão se movendo mais para o centro da face. As orelhas estão também se chegando na posição certa.
A genitália pode finalmente ser distinguida entre masculina ou feminina se observada em um ultrasom.

Mudanças em seu corpo: O seu utero pode ser sentido em torno de 10cm abaixo do seu umbigo. Você também deve ter ganhado mais alguns quilos. Se você teve muitos problemas com enjoos até então, o seu aumento de peso não deve ter sido muito mas assim que esse problema melhorar, você começará a se alimentar melhor e ganhará peso juntamente com o feto.
Você pode estar sentindo falta de suas curvas e, roupas mais largas podem ser já mais confortáveis desde agora.

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Ácido Fólico


“O ácido fólico é um derivado da vitamina B, essencial para o desenvolvimento do feto. Os médicos não aconselham engravidar com o nível desta vitamina abaixo do normal. Pesquisas recentes indicaram que uma suplementação alimentar tomada no período pré-gestacional e até que se completem 12 semanas de gravidez diminui o risco de malformação do sistema nervoso da criança”.
A carência no homem provoca uma anemia e pode às vezes conduzir a anorexia ou depressão. Na mulher grávida a carência provoca riscos para formação do sistema nervoso do feto.
A gestão diária aconselhada de acido fólico são certa de 400 miligramas por dia no adolescente e adulto e 800 miligramas nas mulheres grávidas.
Deficiência: diminuição do crescimento, anemia megaloblástica e outros distúrbios sangüíneos, glossites e distúrbios no trato gastrointestinal.
Excesso: interfere na ação farmacológica de drogas anticonvulsivas

Principais fontes de Acido Fólico na Natureza

São encontrados numa grande variedade de alimentos.
As fontes mais ricas são fígado, vegetais de folha verde escura, feijão, gérmen de trigo e a levedura. Outras fontes são a gema de ovo, o linho, o sumo de laranja e o pão de trigo integral.

Onde encontramos a vitamina B9?
*Alta Concentração (de 100 a 200 microgramas/100 g) : espinafre, chicória, melão, sementes (nozes, castanha, ervilha), queijos refinados
*Media concentração (20 a 100 microgramas /100g) : outros legumes (alface, endivia, couves, alho-porro, alcachofra), feijão verde, pequenas ervilhas, aspargos, beterragas, abobrinha, lentilhas, abacate, cenouras, tomates, cebola, abóbora, milho, pimenta, cítricos, banana, kiwi, frutas vermelhas, tâmaras, figos, ovos, outros queijos, Paes.
*Fraca concentração (5 a 20 microgramas/100g) : pepino, aipo, berinjela, cogumelos, azeitonas, batatas, arroz, massas, laticínios frescos, carnes, peixes, maças, pêras, ameixas, pescados.

Ácido fólico Duplica a possibilidade de terem Gêmeos

*Os ginecologistas podem prescrever comprimidos de acido fólico às mulheres consideradas de risco, nomeadamente os que têm tido crianças que apresentam malformações neurológicas. Um recente estudo sueco atribui à vitamina B9 um aumento de nascimento de gêmeos.
*O conduzido sobre mais de 2.500 mulheres que têm recebido um suplemento em vitamina B9, estudo conclui que uma taxa de nascimento gemelar perto duas vezes de superior “à normal”. *Embora este estudo não possa ser considerado como a verdade absoluta (de precedentes investigações não tivesse estabelecido tais relações), poderia repor em causa os benefícios de um suplemento de ácido fólico nos países que contam poucos casos de espinha bífida.
*De acordo com o autor, os riscos ligados a uma gravidez múltipla (nascimento prematuro, fraco peso ao nascimento, problemas cerebrais…) seriam mais importantes que o efeito preventivo da vitamina B9.
*Este estudo intervém enquanto que outros países preparam-se para seguir as recomendações dos Estados Unidos.

12ª semana


Com 12 SEMANAS, o feto mede cerca de 7 cm e pesa 14 g.
A partir de 12 SEMANAS, o feto já apresenta movimentos espontâneos, embora a mãe ainda não os perceba.
A genitália externa adquire as características peculiares ao sexo genético do bebé, apesar de ainda não ser possível identificar o sexo do bebé ao ultra-som.
Crescem os olhos e as orelhas.
Começa a formação dos principais ossos do corpo. Os dedos dos pés e das mãos já estão diferenciados e as suas unhas surgem.