O Natal chega...

Merry Christmas

Merry Christmas

quarta-feira, 25 de junho de 2008

O banho do bebé

Dar banho a um recém-nascido não é tarefa fácil, sobretudo quando não se tem ainda o devido treino. No entanto, com um pouco de prática, o banho passará a ser um dos mais divertidos cuidados a ter com o seu bebé.
O banho por partes
Em primeiro lugar, convém relembrar que um bebé recém-nascido não deve tomar banho de imersão até que tenha o umbigo completamente cicatrizado. Portanto, o procedimento a seguir é um pouco diferente do banho normal, ou seja, por partes.
Deve começar preparar um recipiente com água tépida e colocar ao seu alcance todos os produtos que vai necessitar para o banho do bebé.
Dispa o bebé com cuidado e deite-o sobre uma toalha limpa, numa superfície plana.
Segue-se então o banho por partes:
*Limpe suavemente a carinha do bebé, com uma bola de algodão humedecida em água tépida, utilizando uma bola nova na altura de limpar o pescoço e as orelhinhas.
*Tenha o cuidado de não tentar lavar o interior dos
ouvidos nem do nariz.
*Seque cuidadosamente a carinha do bebé, pois se todas as preguinhas não estiverem bem enxutas, a pele pode sofrer irritações.
*Limpe e enxugue as axilas e as mãozinhas do bebé.
*Vista-o da cintura para cima, para que não apanhe frio, enquanto se prepara para o lavar da cintura para baixo.
*Lave o rabinho do bebé com um
sabonete suave e água morna.
*Seque-o cuidadosamente com algodão limpo.
*Antes de colocar uma
fralda limpa, é conveniente aplicar um creme protector para prevenir o aparecimento do eritema das fraldas.
O banho de imersão

Uma vez que tenha o umbigo devidamente cicatrizado, o bebé pode tomar banho de imersão. Para isso, convém que tenha o cuidado de escolher um quarto previamente aquecido e assegurar-se que dispõe de tudo quanto vai ser necessário:
Quando encher a banheira de água – cerca de 7,5 cm de altura é o mais aconselhável – tenha especial atenção à temperatura. A água não deve estar demasiado quente nem demasiado fria, certifique-se de que está à temperatura ideal para o bebé, ou seja, morna. Procure não tornar o banho demasiado longo, pois para além de ser mais cansativo, tanto para si como para o bebé, ele pode vir a constipar-se. Tendo tudo isto em mente, pode por mãos à obra e dar banho ao seu bebé.
As etapas a seguir são relativamente simples:
*Ao introduzir o bebé na banheira, pode segurá-lo pelo bracinho esquerdo com a sua mão esquerda e amparar-lhe a cabeça com o seu antebraço esquerdo. Ao mesmo tempo, pode pegar-lhe nas perninhas com a sua mão direita.
*Não deve retirar a mão direita até que o bebé já esteja habituado à sensação de contacto com a água. Pode conversar um pouco com ele à medida que o coloca na banheira, de forma a transmitir-lhe calma e segurança.
*Tenha sempre em mente que não deve nunca largar o bebé, enquanto ele está no banho, seja porque motivo for. Lembre-se que ele não se equilibra sozinho e poderá
escorregar.
*ensaboar o bebé, faça-o cuidadosamente, segurando-o com a mão e o braço esquerdo e lavando-o à frente com a mão direita. Desta forma, ele estará seguro e não corre o perigo de escorregar.
*Para lavar e enxaguar as costas do bebé, o ideal é segurá-lo pelo braço esquerdo, de modo a incliná-lo sobre o seu braço e pulso direito.
*Lembre-se de lavar o cabelinho do bebé com um
champô apropriado, não havendo necessidade de esfregar com intensidade.
Convém que todas estas operações sejam feitas de uma forma rápida, mas sem brusquidão, de maneira a que o bebé não sinta frio nem seja magoado. Terminado o banho, deve então envolver o bebé numa toalha macia e enxugá-lo cuidadosamente antes de lhe colocar uma fralda limpa. Lembre-se, novamente, da importância do creme para prevenir as assaduras. Depois de lavadinho, o bebé deve sempre vestir uma roupinha limpa.

terça-feira, 24 de junho de 2008

Este é um blog verdadeiro

"Pela verdade, pelos Blog, pela amizade.
Contra a mentira, contra pessoas com más intenções.
A polémica que tem surgido em torno das falsidades de

certos blogues tem de certa forma

afectado toda a nossa maneira de pensar.
A privatização não é uma solução!
Mesmo privatizando há quem aceda aos blogues.
Coloquem a vossa marca nas fotos com o nome do blog vejam aqui"



24 semanas

Idade do feto: Semana 22
Tamanho do bebé:
A medida de seu bebé esta semana, da cabeça ao rabinho, deve estar em torno de 21cm. O peso do bebé é agora de aproximadamente 540g.

Desenvolvimento do embrião:
Como você pôde perceber, o seu bebé está ganhando peso rapidamente. Sua audição também está mais avançada agora. Ele pode ouvir e distinguir a voz da mamã em tons diferentes, ouve as batidas do coração dela e os seus ruídos estomacais.
Mas não é só isso, ele ouve praticamente tudo o que está acontecendo a sua volta e, uma latida de cachorro por exemplo, pode assustá-lo a princípio mas ele já vai se acostumando e quando nascer ele vai saber que já ouviu esse som anteriormente.
Assim, lembre o seu companheiro de conversar com o bebé também, não é só a voz da mamã que é importante mas a do papa também. Se o seu bebé nascer por volta dessa época, ele tem 85% de chances de sobrevivência, com cuidados muito especiais.
Mas, infelizmente, 50% das crianças nascidas tão cedo que sobrevivem, têm problemas sérios e permanente de desenvolvimento.

Mudanças em seu corpo:
O seu útero encontra-se agora entre 3,8 - 5,1cm acima de seu umbigo. Deve ser um pouco estranho ver que o seu umbigo está começando a "aparecer demais". Não se preocupe, ele voltará a seu estado pré-gravidez pouco após o parto.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

E ás portas das 24 semanas estamos

no lugar 77 do Baby Boom

Beijocas para todas vós

Noticias e miminhos

Bom dia minhas queridas amigas :) Hoje estou muito feliz e bem disposta.
Espero que o vosso fim de semana tenha sido bom, o nosso foi : ), vi o meu pequenote, fizemos umas compras e recebemos uns miminhos da familia e amigos.
Ontem fomos á praia, á pois foi :)
Já á muito que não ia lá, já estava com saudades.
Apanhamos um pouco de sol, e um pouco do cheiro da maresia, hum que bom.
Este ano quero ver se vou mais umas vezes lá.
Chegamos ao VERÃO, ai que bom, já estava farta dequele tempo indeciso, nem chove, nem vem sol, aquele tempo que tira uma pessoa do sério ehehehe :P
Pois bem aqui vai a foto do mu pequeno e alguns dos miminhos que a mamã recebeu e comprou para ele.










1- Os bodies foram dados pela prima Sónia
2- A saca foi a avó materna que fez
3- Os intercomunicadores foi a mamã que comprou, para te ouvir
4-A fralda e a babate foi uma amiga da mamã que fez para ti meu amor
5-As sapatilhas foi a mamã que gostou muito e comprou, espero que gostes delas
6- E por fim a foto do meu menino :)

sexta-feira, 20 de junho de 2008

A mamã está doente :((

Olá amigas, hoje não estou muito bem. Durante esta noite tive que ir ao hospital pois estava com umas dores terriveis na barriga e no lado direito. Doia me á frente e atrás. Umas dores terríveis e insuportáveis. Andava sempre a correr para a casa de banho, mas como estou grávida sempre pensei que fosse do peso do menino. A minha sorte é que tinha ido dormir a casa dos meus pais.
Lá fui ao hospital e o médico diagnosticou-me uma Infecção Urinária. Maldição!!!
Apalpou, fiz uma eco, fez me análises, e lá veio o veredicto.
Lá vim eu para casa com uns medicamentos para tomar, mas ainda vim com as dores atras de mim.
Durante o dia estive melhor, mas agora as malditas das dores voltaram. Não estou bem de maneira nenhuma, nao tenho posição para estar :(
Aqui fica uma pequena informação sobre infecção urinária.

O que é uma infecção urinária?

Normalmente, no aparelho urinário, não existem quaisquer micróbios, contrariamente ao que se passa com outros aparelhos em comunicação com o meio exterior. Assim, no intestino e na vagina existem normalmente micróbios - a respectiva flora - os quais nesses meios não são habitualmente perigosos e não provocam infecção, mas que noutros meios, nomeadamente no urinário, o podem fazer.
Podemos definir infecção urinária como a invasão e multiplicação de bactérias na urina do aparelho urinário, e a respectiva inflamação causada na bexiga e/ou nos rins. As bactérias mais frequentemente causadoras de infecção do aparelho urinário são as Escherichiae coli (Colibacilo), as Klebsielae e os Proteus, todas componentes da flora intestinal e muitas vezes presentes no meio vaginal.
Quais os sintomas de uma infecção urinária?

Normalmente a infecção acompanha-se de sintomas que levam o doente ao médico. Se é a bexiga o órgão atingido, há um desconforto ou peso no baixo ventre, dor e/ou ardor a urinar, necessidade de urinar mais frequentemente e em pequenas quantidades, por vezes com dificuldade, e a urina está turva (suja) e algumas vezes muito mal cheirosa. Raramente há febre. Se é o rim que é atingido, há muitas vezes dor na região lombar, que pode simular cólica, e febre elevada.
Beijos para todas vós e bom fim de semana

quinta-feira, 19 de junho de 2008

O quarto do meu menino

Olá minhas queridas, espero que esta semana esteja a correr bem, connosco está. Venho aqui colocar umas fotos do possivel quarto do meu Hugo e gostava que me ajudassem na escolha doas cores e por ai.
Estou a pensar comprar das camas transformaveis, acham que faço bem?
É que essas camas dão para mais tarde e escuso de comprar outra cama. Que acham?
Espero por respostas vossas.
Entre os conjuntos que mais gostei foram este,












Este















Este




















Este (adoro este do paco da colecção Noukies) ( www.noukies.com/)












e este.

Deem a vossa opinião por favor. Agradeço do fundo do coração.
Beijos da bebecas e do bebé Hugo

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Doodoo Urso

Durante os primeiros meses, o Doodoo da babiage acalma o seu bebé até dormir, através da reproducção dos sons apaziguadores que ouvia dentro da barriga da sua mãe. Mais tarde, a música de embalar acompanhará o sono do seu bebé durante vários anos. A grande eficácia dos sons intra-uterinos já foi confirmada em centenas de maternidades.
Peluche composto por 80% Algodão e 20% Poliéster, lavável a 30ºC
Pode ser seco na máquina
Olhos e nariz bordados para segurança máxima
Pode ser suspenso no berço
Cores Disponíveis:
Azul bebé, azul as riscas, rosa as riscas
Peso: 0,500 Kgs

terça-feira, 17 de junho de 2008

O carrinho do meu menino...




Este é o carrinho do meu menino :)
É lindo não é???
Espero que gostes filhote. Beijocas da mamã. Minhas queridas apesar de tudo optei por comprar a alcofa, pois como ainda viajo bastante é o melhor para ele, até porque hoje em dia não sabemos que tempo está para vir amanhã :P
Deem a vossa opinião amigas, por favor. Beijocas para todas vós

segunda-feira, 16 de junho de 2008

23 semanas cada vez melhores

Tamanho do bebé:

A medida de seu bebé esta semana, da cabeça ao racinho, deve estar em torno de 20cm. O peso do bebé é agora de aproximadamente 455g.

Desenvolvimento do embrião:

O seu bebé tem agora uma aparência muito parecida com a que vai ter quando nascer só que está ainda bem magrinho. Embora ele esteja ganhando peso a cada dia, sua pele ainda está bem enrugada. Os lábios estão formados e os olhos também mas a íris (a parte pigmentada dos olhos) ainda está sem cor.

Mudanças em seu corpo:

O seu útero está agora à 3,75cm acima do seu umbigo e à 23cm acima do seu osso púbico. As mudanças em seu abdômen estão progredindo devagar mas a sua barriga deve estar bem redondinha. E, exatamente nessa época, você vai começar a ouvir os comentários das outras pessoas.
Para alguns você estará tão grande que com certeza deve estar grávida de gêmeos e, de outras pessoas você vai ouvir que sua barriga é tão pequena que você não deve estar grávida de tantas semanas assim. Se você acreditar em alguns desses comentários a ponto de se preocupar, converse com o seu médico, ele vai poder te assegurar sobre sua situação.
Lembre-se sempre de que cada gravidez é única, ainda que você já tenha estado grávida anteriormente, dificilmente essa gravidez poderá ser comparada com a(s) outra(s). Procure descansar durante o dia e não esqueça de ingerir bastante líquido, especialmente água. Se possível, tenha ajuda para o serviço doméstico e evite pegar peso.

E aqui fica a foto da barriguinha das 23 semanas( quase lá :) )
Espero que gostem. Beijocas

Parva. Estupefacta...

Foi como eu ontem fiquei ao saber que o blog da Constança (www.duaspromessasparatodaavida.blogspot.com) relatava vivências faz-de-conta...a filha Maria Beatriz, de sete meses, o recém-nascido Joaquim Maria, com 27 semanas...tudo isto seria fictício.
Fiquei a saber por intermédio da mamã Cristina ( http://bebezinho-doalex.blogspot.com/ ) e também pela mamã Sofia ( http://acegonhacorderosa.blogspot.com/ ) e tive que ler duas vezes.
dava conta do mesmo. Fui ao Baby Boom onde, na noticia do nascimento do Joaquim Maria, se encontravam mais de 30 comentários. Li. Reli. Senti um arrepio. Pergunto-me porquê. Pergunto-me para quê. Pergunto-me como. Sinto-me triste porque, afinal, nem nos Babyblogs deixam de estar pessoas menos correctas. Sinto-me triste porque comecei a acompanhar a Constança pouco tempo depois da criação do seu blog. E acreditei. Não tinha como o infirmar até ontem.
É mais uma história que nos intristesse o coração e a alma.
Beijos da bebecas e bebé Hugo

Criopreservar ou não???

Eis a questão minhas amigas, ajudem me.
Estou a pensar em criopreservar as celulas estaminais do meu bebé, será que vale a pena??
Retirei este artigo da sapo, mas ainda assim estou em dúvida.
60 argumentos a favor da criopreservação.

"Vale a pena criopreservar o sangue do cordão umbilical do seu bebé, saiba porquê!
Se ainda tem dúvidas sobre se vale mesmo a pena criopreservar o sangue do cordão umbilical do seu bebé, saiba que já são mais de 60 as doenças que podem ser tratadas com recurso a essas células estaminais.
O aumento da confiança dos pais portugueses na criopreservação reflecte, antes de mais, um maior conhecimento do procedimento e das potencialidades terapêuticas das células estaminais.
Apesar de ser um método ainda recente, sabe-se já que o recurso à criopreservação das células estaminais do sangue do cordão umbilical do bebé pode ser decisivo para enfrentar mais de 60 doenças graves – um número que futuramente deverá aumentar.
As deficiências medulares, as imunodeficiências, leucemias ou linfomas são algumas das situações mais comuns em que a utilização das células estaminais do sangue do cordão umbilical criopreservadas é já uma alternativa real aos transplantes de medula óssea evitando, em alguns casos, as longas listas de espera em busca de dadores compatíveis.
A Crioestaminal é a empresa pioneira e líder em Portugal em criopreservação das células estaminais do cordão umbilical. E é o único laboratório certificado pela qualidade. A Crioestaminal é também o único laboratório com transplantes realizados e a única que já ajudou a tratar vidas através deste método no nosso país."
E já agora qual das clínicas a melhor??
Criovida ( www.criovida.pt )
Celulas estaminais ( www.bioteca.pt )
Crioestaminal ( www.crioestaminal.pt/ )

quinta-feira, 12 de junho de 2008

E ás 22 semanas e 2 dias estamos...

no lugar 83 Bebecas & bebé (?)

Beijocas da bebecas e do bebé Hugo

Teste do Pezinho

O “Teste do pezinho “ ou Diagnóstico precoce é uma colheita de sangue fundamental para o rastreio de duas doenças: Fenilcetonúria e o Hipotiroidismo. Se estas doenças forem diagnosticadas precocemente e iniciado o seu tratamento, é facilitado o desenvolvimento normal da criança

Como?

O “Teste do pezinho “ ou Diagnóstico precoce é uma colheita de sangue fundamental para o rastreio de duas doenças: Fenilcetonúria (a criança não consegue utilizar uma substância que ingere com as proteínas, esta em excesso é tóxico para o cérebro) e o Hipotiroidismo (a tiróide é uma glândula, que neste caso funciona mal, não produzindo uma substância essencial para o desenvolvimento da criança).
Se estas doenças forem diagnosticadas precocemente e iniciado o seu tratamento, é facilitado o desenvolvimento normal da criança. Para a colheita deste sangue, é feita uma picada no pé do bebé, por isso o nome de “Teste do Pezinho”.
Sendo este um procedimento doloroso, os pais devem participar o mais que poderem neste acto acarinhando o bebé, confortando-o, falando com o bebé num tom de voz suave e meigo de modo a transmitirem segurança.

Quando?

A colheita deve ser efectuada a partir do 3º dia e se possível até ao 6º dia, isto porque os valores a serem avaliados nesta altura estão estabilizados no sangue do Recém-nascido. A colheita após o 6º dia pode atrasar o início de um eventual tratamento, mas deverá ser sempre feita, mesmo que tardiamente.

Onde?

Esta colheita é feita no centro de saúde junto da sua residência, onde se encontram as fichas de rastreio adequados para a realização desta colheita, que são preenchidos por um profissional de saúde. Será entregue aos pais um talão destacável das fichas de rastreio, com um código para que estes possam aceder ao resultado do teste via Internet 15 dias após a realização do diagnóstico precoce.
Em caso dos pais não terem disponibilidade de aceder à Internet, só no caso das análises não serem normais é que estes serão contactados ou em caso de necessidade de alguma confirmação laboratorial.
Em caso de doença existem 6 centros de tratamento, onde podem ser acompanhados por uma equipa especializada.

segunda-feira, 9 de junho de 2008

A importância da placenta

Dentro do útero, o bebé desenvolve-se à custa de um sistema que é constituído pela placenta, cordão umbilical, e a bolsa de líquido amniótico, em cujo líquido o bebé organiza alegremente as suas actividades diárias.
A placenta é um órgão transitório que se forma com o embrião e cuja localização correcta e normal funcionamento são essenciais para um bom desenvolvimento da gravidez, do parto e do pós-parto imediato.
A forma da placenta assemelha-se à de uma panqueca com 2 a 4 cm de espessura, de consistência esponjosa, que se une à parede uterina no lado materno e ao feto pelo cordão umbilical, que dela emerge, normalmente ao centro, no lado fetal. No final da gestação, atinge cerca de 500 gramas, sendo o órgão responsável pela manutenção da gravidez, ao produzir hormonas com ela relacionadas, como a gonadotrofina coriónica (HCG), o estrogénio e a progesterona.
A placenta funciona como um filtro entre o sangue materno e o sangue fetal, possuindo circulação materna de um dos lados e circulação fetal do outro, separadas por uma barreira membranosa. Quando o sangue fetal atravessa o cordão umbilical e percorre a placenta, recebe nutrientes e oxigénio do sangue materno e liberta dióxido de carbono e produtos de degradação fetal (ureia, creatinina, ácido úrico) para a circulação materna, regressando ao feto para novamente o alimentar, oxigenar e purificar.
Algumas substâncias, como os lípidos, não chegam sequer ao feto, uma vez que o fígado deste não tem capacidade metabólica durante a maior parte da gravidez. Os lípidos são, então, armazenados na placenta até às últimas 10 semanas da gestação, altura em que o fígado fetal começa a funcionar, sendo, a partir daí, lentamente libertados para a circulação fetal.
Três em um

É por estas e por outras razões que se considera a placenta um órgão extremamente complexo, pois desempenha para o feto múltiplas funções, que no adulto implicam a existência de pulmões, rins e fígado (e é a isto que se pode chamar 3 em 1!).
Este filtro, apesar de permeável à maioria das substâncias, tem alguma capacidade selectiva, não permitindo a passagem de insulina, heparina e dióxido de carbono, substâncias nocivas para o feto. Também para algumas infecções como a toxoplasmose, a infecção a citomegalovírus e mesmo a provocada pelo HIV, a placenta exibe notáveis funções protectoras, reduzindo, de forma significativa a transmissão vertical (a que acontece entre mãe e filho). Infelizmente, o álcool e as drogas passam da circulação materna para a fetal.
O tabaco também afecta o desenvolvimento fetal, não só por comprometer a normal oxigenação fetal, como por aumentar a incidência de abortos do segundo trimestre e de descolamento prematuro da placenta (ver à frente), entre outras complicações graves da gravidez. Os medicamentos também atravessam a barreira placentar, daí a razão pela qual muitos estão contra-indicados.

Uma aliada perfeita

A placenta possui ainda a extraordinária capacidade de permitir a aceitação pacífica por parte da mãe, de um hóspede com composição genética, em 50% estranha (50% da mãe e 50% do pai). Tendo em conta a conhecida dificuldade em encontrar um dador compatível para transplante de órgãos e posteriormente impedir a rejeição do órgão transplantado por parte do hospedeiro (ser que recebe o órgão), é de facto notável que um ser humano completo se forme, desenvolva e cresça, ao longo de 9 meses, sem ser identificado como um elemento estranho a destruir pelo sistema imunológico da mãe. Tal facto deve-se à não existência de contacto directo do sangue fetal com o materno, pelo que a placenta não só impede o reconhecimento do feto como um «alvo a abater», como lhe possibilita um confortável estatuto de inquilino, com cama, comida e «pele» lavada.
Fonte: Pais&Filhos ( www.paisefilhos.pt )

22 semanas juntas...

...e cada vez mais perto de te ter nos meus braços.
Tamanho do bebé: A medida de seu bebé esta semana, da cabeça ao rabinho, deve estar em torno de 19cm. O peso do bebé é agora de aproximadamente 350g.

Desenvolvimento do embrião: Suas unhas agora estão crescidas e cobrem toda a região destinada para elas nos dedos. Seus cílios e sombrancelhas estão também finalizados. O cérebro está em desenvolvimento acelerado. O bebé tem uma aparência muito magra mas bem desenvolvida.Se for um menino, os seus testículos estão começando a descer para a bolsa escrotal.

Mudanças em seu corpo: O seu útero deve estar agora uns 2cm acima do seu umbigo e você deve estar se sentindo bem. Aproveite esse período da gravidez no qual você ainda não está muito grande e os sintomas que primeiramente te incomodaram agora fazem parte do passado. De alguma forma é divertido estar grávida agora, você se sente bem e sua gravidez é facilmente notada.
Só para lembrar, agora que sua barriga está maiorzinha, na hora de dirigir, não deixe que o cinto de segurança esteja em cima de sua barriga. O cinto de segurança pode e deve ser usado durante toda a gravidez. Coloque-o de forma que este esteja em volta de sua barriga e nunca em cima. Não deixe também de ingerir muito líquido, de preferência água, água e água. Não contém muitas calorias como refrigerantes e só faz bem, especialmente se estiver muito quente em sua cidade.

sábado, 7 de junho de 2008

Apelo

A Aninha é uma pré-mamã como tantas outras que me lêem: chegou ao meu blog, leu e comentou. Eu, como é hábito, fui ao blog dela, agradeci, li e comentei.
O habitual laço criou-se. O blog da Aninha transpira amor, amor pela pequena Lectícia, ainda confortavelmente instalada na barriga da sua mamã e amor pelo Tiago, pai da Lectícia e seu companheiro.
Porém, nesta fase, que deveria ser a mais bela das suas vidas, começou um pesadelo para ambos. Há uns meses atrás, foi diagnosticado um tumor cerebral ao Tiago. O tumor é benigno, mas tem de ser removido, pois está a fazer pressão no cérebro, o que lhe provoca alguns sintomas incómodos e desagradáveis. Segundo descreve o próprio Tiago: "está situado numa zona nem de muito bom acesso, nem de impossivel acesso", por isso não há garantias que ele ficará sem lesões.
O Tiago parte dia 30 para Londres para fazer exames e ser operado. A Aninha fica cá. Sozinha, grávida e cheia de receios...Eu já acompanhei fases más de muitas de vós, assim como vocês acompanharam há bem pouco tempo uma minha. Por saber o poder que todas temos em dar apoio umas às outras nestas alturas, é que decidi (com o consentimento da Aninha e do Tiago, claro) usar este blog para criar uma corrente que lhes dê algum apoio.
Qualquer palavra de carinho e solidariedade é bem-vinda. Neste momento precisam os dois de sentir conforto, venha ele de onde vier...As regras são simples: contem a história nos vossos blogs, publiquem e divulguem esta imagem e os endereços dos blogs da Aninha e do Tiago.
Depois passem pelos blogs deles e deixem a vossa mensagem, um beijinho, um olá, qualquer coisa...Sei que posso contar convosco, por isso, obrigado pela vossa colaboração.




Blog da Aninha: http://my-sweet-angel.blogs.sapo.pt/
Blog do Tiago: http://t-i-a-g-o.blogspot.com/

Força Constança e Joaquim

Por iniciativa da mamã Cátia juntamo-nos a esta corrente. Acho que muitas de vós conhecem a história da Constança .Ela tem uma menina, a Maria Beatriz, com quase 7 meses, nascida de uma cesariana e está grávida do Joaquim de apenas 23 semanas. É uma gravidez de alto risco, para ela e para o bebé...ontem começou com muitas contracções e ficou internada.
Está a levar injecções para amadurecer os pulmões do Joaquim que terá de vir conhecer este mundo mais cedo, pois as contracções são muito perigosas e podem abrir a costura uterina.
O Joaquim é um valentão, apesar de todas os sobressaltos da gravidez, tem-se agarrado à vida com toda a força, espero que assim continue a ser!


"Constança e Joaquim, estamos convosco no pensamento"Peço a todas as Mamãs que conhecem a Constança (e às que se quiserem juntar a esta corrente), que passem este selo...simboliza o Joaquim a "Agarrar a Vida"...

sexta-feira, 6 de junho de 2008

Miminho!!


Queremos agradeçer á mamã Cristina e á sua princesa Clara, pelo miminho dado ao meu bebé. Aqui fica o miminho. Beijos para todas vós.

Dúvida...

Duo banho e muda Amplitude




Não estorva.


Ideal para as pequenas casas de banho.
• Fecha-se só com um gesto, para deixar o espaço livre para o resto da família.
• 2 em 1: utiliza-se com a banheira do bebé até aos 5 mesese sem a banheira depois.


Seguro.


• Base larga antiderrapante que garante uma estabilidade óptima.
• Tensor rotativo para se adaptar, de forma segura, a todas as formas de banheira.
• Bloqueio automático da banheira do bebé no suporte.




Muitas arrumações


• Muitas arrumações astutas no móvel, duas caixas fechadas inacessíveis ao bebé.
• Rede prática para deixar escorrer os brinquedos de banho.
• Grande tabuleiro para arrumar produtos volumosos.


Banheira_ balde Tummy tub



  • pode ser utilizada a partir do nascimento;
  • uma banheira desenvolvida em colaboração com enfermeiras, pediatras, parteiras e psicólogos;
  • seguro e recomendável para os bebés prematuros;
  • grande estabilidade;
  • forma arredondada;
  • base anti_deslizante;
  • ecológica

Qual delas???? Ajudem me por favor. Beijocas

CINTA PARA A GRAVIDEZ SUSTENTAÇÃO EXTRA



A Cinta para a Gravidez Sustentação Extra ANTI-STRESS garante a máxima protecção do abdómen, valorizando a tua feminilidade. A faixa regulável, alta e reforçada oferece a máxima sustentação, acompanhando o crescimento do abdómen, sem comprimir, respeitando o teu bebé.
A cinta garante o suporte da zona lombar graças às macias hastes incorporadas no tecido, e as cuecas modeladas também sustêm confortavelmente e são fáceis de vestir e despir. O decote da perna é elástico, em macia rede de microfibra para a máxima liberdade de movimentos. Indicada no caso de um aumento do volume abdominal particularmente consistente e para os últimos meses de gravidez.

Para passar com serenidade da amamentação ao biberão

Comece pelo menos três semanas antes da data em que pretende deixar de dar de mamar ao seu bebé. Este processo faz-se em três etapas:
• Comece por substituir uma mamada por um biberão, de preferência ao fim da tarde quando tem menos leite. Mantenha este biberão durante 3 ou 4 dias até que o bebé se habitue.
• Substitua uma segunda mamada. Escolha de preferência uma mamada em alternância entre as mamadas e os biberões e depois no fim de 3 ou 4 dias, substitua uma terceira mamada, mantendo o princípio da alternância durante 3 ou 4 dias.
• Se desejar deixar de mamar ao seu bebé parcialmente, continue este ritmo, guardando as mamadas da manhã e da noite e depois só a mamada da manhã. Se desejar deixar de dar de mamar de vez, continue com este ritmo até a substituição de todas as mamadas.Ainda mais conselhos…
• Quando começar a dar os primeiros biberões, nunca force o bebé! Seja paciente e tente novamente ao cabo de 10 minutos em caso de recusa. Se o bebé recusar outra vez, espere ainda alguns minutos antes de dar de mamar.
• Se o bebé estiver habituado à chupeta, escolha uma tetina do mesmo material.
• Se possível, tire o seu leite e dê-lhe nos primeiros biberões. Já muda para o biberão, deixe-o habituar-se ao leite em pó!

• Não hesite em chamar o papá! Longe de si e do seu cheiro, o bebé aceitará mais facilmente o biberão.
• Não repita o mesmo ritual só durante o aleitamento: mude de cadeira e de hábitos para que o bebé não pense que lhe vai dar de mamar.
.Prefira o leite morno ao leite frio porque o bebé está habituado à temperatura do seu leite.

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Gravidez no Verão

Comer e beber

No Verão, a alimentação quer-se fresca e saudável. Mas nem tudo o que é fresco faz bem, principalmente se está grávida.

A água é o melhor para matar a sede, já que os sumos de fruta, mesmo os naturais, têm muito açúcar e não tiram a sede. É importante respeitar os horários das refeições de forma a evitar a hipoglicemia e hipotensão.

Escolha alimentos frescos e naturais e de parte devem ficar os fritos, que dificultam a digestão. As grávidas devem ter atenção a alimentos como a alface, por exemplo, que pode estar mal lavada. Outros cuidados devem ir ainda para as saladas em geral, principalmente com maionese (perigosa no Verão), e os queijos frescos (por causa da toxoplasmose).

Roupa

Analise o seu guarda-roupa e certifique-se que tem vestidos esvoaçantes, frescos e largos que permitem andar à-vontade. São leves e mais práticos quando as idas à casa de banho se tornam frequentes.

As calças para grávidas são outra opção, principalmente as de algodão ou linho, porque são mais confortáveis e frescas.
Para as pernas deve investir nos cremes e sprays para o cansaço, dado que as meias de descanso são quentes.
Quanto ao calçado, os saltos, já se sabe, são de evitar enquanto que os sapatos abertos são a melhor opção.

Ao ar livre

Deliciosos passeios à beira-mar nas horas de menos calor fazem maravilhas: poder desfrutar do sol e da brisa do mar ao mesmo tempo é dos melhores bálsamos para o espírito e para o físico.

Mas, mesmo na praia, existem algumas questões a considerar, como evitar-se a rebentação forte, principalmente se o bebé está a quase a nascer; nadar sozinha ‘fora de pé’ e deitar-se na toalha, dando preferência à cadeira.

A questão é que, tanto na praia como na piscina, o canal de parto pode já estar aberto (a partir do sétimo mês), o que facilita a transmissão de doenças ao bebé.
Além disso, as águas podem rebentar sem que se aperceba!

No local de trabalho

Quem tem tensão baixa pode sentir-se pior nesta altura do ano, com tonturas e sensação de desmaio.

Para ajudar, nada como um café, de manhã, e ter sempre um rebuçado na carteira (que aumenta os níveis de açúcar). No caso de uma queda de tensão, a solução é sentar-se e descansar, de preferência deitada, com as pernas mais altas do que a cabeça.
Aliás, sentada à secretária, as pernas devem estar elevadas (com uma caixa, por exemplo) pois facilita a circulação.
Não cometa o erro de descalçar-se quando os pés começarem a inchar; vai ser mais difícil voltar a calçar os sapatos. Embora não haja razão para ficar parada, não vale fazer grandes esforços ou trabalhar até ao limite.

O dia-a-dia

As ajudas (do pai do futuro rebento, avós ou amigos) são agora de se aproveitar ao máximo para aquelas tarefas inevitáveis, como ir ao supermercado, cozinhar, lavar o carro ou levar o lixo à rua.

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Olá minhas queridas, espero que o fim de semana tenha corrido bem.
Fomos fazer compras para o menino e aqui ficam as mais recentes compras esperamos que gostem.


Uma manta

Um babygrow

As sapatilhas
O 1 conjunto
Espero que gostem. Beijocas fofas

21 semanas cada vez mais juntinhos

O bebé

A fase de crescimento rápido começa a reduzir. Os cílios e o couro cabeludo tornam-se mais visíveis e o feto pisca mais frequentemente. O lanugo cobre completamente o corpo, embora seja mais concentrado em torno da cabeça, pescoço e face.
O feto já pode sugar dentro do útero. O coração cresce muito nessa fase e os batimentos cardíacos tornam-se mais fortes.
Os testículos dos fetos masculinos descem da pelve para a bolsa escrotal. As pernas estão atingindo sua proporção relativa ao corpo. Os braços e pernas movem-se com mais força, enquanto os músculos se tornam mais fortes. O esqueleto torna-se mais endurecido. A força das mãos acentua-se. Pesa cerca de 400 gramas e mede em torno de 23 cm da cabeça aos pés.

A mamã

Agora você aparenta estar realmente grávida. Seu útero está cerca de 2 cm acima da cicatriz umbilical. A média de ganho de peso até agora é de 4 a 8 quilos. Se você está fazendo uma dieta saudável, não precisa ficar contando quilos e calorias.
Emocionalmente, você está mais estável e confortável. Suas coxas e pés podem estar mais inchados, especialmente no final do dia. Beba bastante água e descanse com os membros inferiores mais elevados que o tronco.