O Natal chega...

Merry Christmas

Merry Christmas

quinta-feira, 31 de julho de 2008

Férias á porta

Pois é minhas queridas, como vem no título, nós vamos de férias. Vamos estar fora 15 dias, pos isso, não se preocupem.
Quando acabarem as nossas férias vimos aqui dar novidades.
Amanha vamos ao doutor antes das férias, para ver se está tudo bem e se a mamã pode ir mesmo de férias.
Desejo umas boas férias a quem entrar agora e para quem vá entrar mais tarde.
Beijocas a todas vós

terça-feira, 29 de julho de 2008

Foto da barriga ás 29 semanas

Um miminho

Beijocas da mamã e do filhote.

Uma semana para as 30 semanas

A um passo das 30 semanas, já no terceiro trimestre sinto-me feliz, feliz, feliz! Já não me lembro como é possível não estar à espera do meu filhote, parece que a minha vida começou a partir daí.

"A vigésima nona semana de gestação
Por volta da 29ª semana de gravidez, o feto pesa quase 1,300 Kg. Mede, aproximadamente 26 cm da cabeça às ancas e quase 43cm contando o comprimento das pernas.Esta semana marca o início do terceiro trimestre, que dura até ao momento do parto, por volta da 40ª semana.Por esta altura, as unhas, que já estavam formadas, começam a surgir. O feto continua a reagir à luz: abre os olhos e vira a cabeça quando se apercebe de uma luz clara e brilhante vinda do exterior."
Beijocas para todas vós da mamã Sofia e do bebé Hugo.

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Post nº 100/ Lista da mala para a maternidade Daniel de Matos

*3 ou 4 conjuntos interiores
*3 botinhas ou meias
*3 casaquinhos
*Fraldas descartáveis
*4 Fraldas de pano
*4 fatinhos
*2 toalhas de banho
*Sabonete ou gel de banho, PH neutro e sem perfume
*Pente ou escovinha
*Tesoura de bicos arredondados para as unhas
*Toalhetes

Mãe:

*3 ou 4 camisas de dormir abertas à frente
*roupão
*Chinelos de quarto e outros de plástico (banho)
*2 soutiãs de amamentação
*6 cuecas
*Produtos de higiene
*cinta ou faixa pós-parto
*saco para roupa suja

Primeira roupa do bebé

*1 fatinho
*1 conjunto interior
*1 casaquinho
*1 botinhas ou meias
*1 fralda descartável
*1 fralda de pano
*1 manta
*1 gorro

Como foi o vosso fim de semana??

Bom dia minhas queridas amigas bloguistas, espero que o vosso fim se semana tenha sido bom. O nosso foi muito bom.
O tempo não foi muito bom para fazer praia, mas fizemos outras coisas.
Estivemos a conversar, a fazer compras, a comer (eheh), a dormir, estivemos com o papá.
Pois bem vou vos contar o nosso fim de semana.
No sábado de manhã estivemos na cama, pois a mamã estava com perguiça, e foi muito bom, pois estivemos só nós os dois (eu e o meu filhote), estive a dizer-lhe o quanto ele é importante na minha vida, o quanto de bom ele veio fazer/trazer a minha vida, pois acreditem que foi a maior benção que já tive ao longo da minha vida.
Disse lhe que o amava muito, que o papá também, mesmo pensando que o melhor para ambos era nunca ter engravidado, que queria muito tê-lo comigo, nos meus braços, ama-lo ainda mais, dar lhe uma vida muito boa.
Disse-lhe que ia lhe ensinar coisas boas e bonitas.
O mais engraçado é que quando canto a música da Cerelac pois vejo que ele está muito activo, ele ao ouvir a música acalma e é um momento tão bom só nosso.
Continuando, na tarde de sábado fomos ás compras, comprei coisas tão lindas, amigas.
Logo que possa posto as fotos.
Antes gostava de fazer compras, agora com o passar do tempo já é mais dificil, pois a barriga já pesa e as pernas ficam bastante inchadas no final do dia, então se estiver a manhã ou a tarde a pé é pior para mim.
Sábado á noite estive em casa dos meus pais a comer e a ver um bom filme de acção com o meu companheiro de outrora, o meu pai. =)
No domingo fui almoçar a casa da mãe do J.
Ela adorou ver-nos, abraçou se logo a mim, fez muitas festas na barriga, falou muito com o Hugo, é uma típica avó babada =)
Se é agora assim nem quero imaginar quando ele estiver aqui fora eheheheh.
Para minha surpresa o J. apareceu para almoçar em casa da mãe, acreditam que ela também não estava á espera.
Almoçamos todos juntos, falamos, mas acreditam que ele mal falou para mim???
Nem perguntou como estava, se bem se mal, nada, se o Hugo estava bem.
Só disse um olá de fugida e mais nada durante todo o almoço, fiquei muito magoada, acreditem.
Nunca pensei que ele me fizesse sofrer ainda mais. Não me faltava já não ter o pai do meu filho a meu lado nesta etapa tão importante, como ainda por cima ignora-me.
A mãe fcou muito chateado com ele. Eu comi muito pouco e vim embora pois não aguentei o ambiente, a maneira como ele olhou para mim, como quem diz, "És uma desilução", sai de lá com as lágrimas nos olhos.
Vim a chorar pelo caminho, doi-me tanto ter que passar por isto. Porquê??? Porquê que ele não aceita bem este filho que tão bem veio trazer á minha vida.
Penso que as coisas não podem piorar, que o melhor é esquecer tudo, esquece-lo para bem de nós os dois, pois agora tenho que pensar no meu filho e não numa pessoa que só pensa em si e não lhe interessa mais nada que o trabalho.
Mais tarde a mãe dele telefona para minha casa a perguntar como estou e mais uma vez deito para fora as minhas mágoas, o que me mais doi, ao que ela diz que também não gostou da atitude dele para connosco.
Que teve uma conversa muito séria após eu sair, disse-lhe que nunca pensou que o filho fosse fazer o que me fez.
Depois de uma hora ao telefone a mãe dele disse que estava a meu lado para tudo e se eu precisasse de algo, para lhe telefoner sem medos, que nunca por nunca me ia abandonar.
E foi assim o nosso fim de semana. Digo vos, não sei o que fazer, pensar nesta situação, não sei.
Só sei uma coisas, a minha cabeça anda muito confusa e em água, por completo.
Não sei se lhe dou uma última oportunidade, se lhe digo para me esquecer que nunca mais o encomodo, nem o filho.
Não sei mesmo o que pensar :( :( :( :(
Por favor ajudem-me, elucidem-me, bem preciso, não posso mais andar neste carrochel vivo todos os dias, preciso de um sitio calmo para viver com o meu filho.
Obrigada a todas e desculpem encomodar vos com os meus problemas.
Uma boa semana para todas vós

quarta-feira, 23 de julho de 2008

28 semanas junto a ti

E mais uma moedinha, mais uma semaninha! E o tempo vai passando subtilmente, como se não fosse nada com ele, e a hora de te ver, de te abraçar e de te ter nos nossos braços aproxima-se a passinhos silenciosos mas tão intensos...Continuas a surpreender-me a cada dia que passa filho, com as tuas reacções novas e que me fazem sorrir tanto.
Acordas-me sempre com festinhas e adormecemos sempre ás gargalhadas com os teus saltos antes do soninho. Já te vejo aqui ás voltas todos os dias e todos nós lá em casa preparamos a tua chegada com muito carinho e curiosidade.
E pronto, tu vais crescendo e...eu também! lol Gosto MUITO desta nossa bolinha que nos une e que mostra a todos os que quiserem ver que és os meus já mais que muitos kilos a mais, mas que és mesmo mais que tudo este sorriso que me dás dia após dia! Apesar de todos os obstáculos que se cruzam neste mundo onde uns têm a mais e outros têm a menos, tu fazes-me sempre muito muito MUITO feliz filhote!
A partir de hoje vou ter de me preparar porque esta semana temos que levar a nossa injecção para contrariarmos esta possível incompatibilidade sanguínea e logo eu que DETESTO levar picas! Mas tem de ser e o que tem de ser tem muita força!

O CTG

O CTG (Cardiotocógrafo) regista a regularidade e intensidade das contracções, mas também a forma como o ritmo cardíaco fetal reage a cada contracção. É preciso colocar eléctrodos na barriga da grávida, presos com umas faixas elásticas, e ligados por fios ao aparelho. Os resultados surgem em dois gráficos diferentes: um relativo à intensidade das contracções, o outro relativo ao batimento cardíaco do feto. Estes dados são importantes para avaliar a forma como o trabalho de parto está a progredir e permitem também avaliar o bem-estar fetal. De resto, o CTG não é usado apenas durante o parto, mas também no final da gravidez, para avaliar o bem-estar do bebé.
Contínuo ou intermitente?
O registo contínuo das contracções através do CTG é a rotina nos hospitais portugueses. Ou seja, assim que a grávida chega é ligada ao CTG e só depois de o bebé nascer é liberta dos eléctrodos. No entanto, a Organização Mundial de Saúde considera que o CTG não deve ser usado de forma contínua em gravidezes de baixo risco.
O CTG limita os movimentos da grávida o que pode ter mais desvantagens do que a monitorização contínua, sobretudo quando se trata de gravidezes de baixo risco.Se não existe risco acrescido no parto para si e para o seu bebé, pode solicitar no seu plano de parto que a monitorização com o CTG não seja contínua, mas apenas esporádica, de forma a avaliar pontualmente a intensidade das contracções e o bem-estar fetal.
«Fazer monitorização fetal com auscultação intermitente» é uma das recomendações da Organização Mundial de Sáude para o Atendimento ao Parto Normal. A monitorização electrónica fetal é considerada no mesmo documento uma conduta frequentemente usada de forma inapropriada.
As melhores provas

No livro «As melhores provas» (Temas e Debates) pode ler-se: «Não há dúvida de que a utilização de um monitor electrónico fetal para observar continuamente os ritmos cardíacos dos bebés durante o parto aumenta o número de cesarianas sem benefício para os bebés. Isso significa que alguns bebés monitorizados de forma contínua nascem por cesariana sem que seja necessário. Infelizmente, não sabemos quais.
As pesquisas estão a tentar definir quais os ritmos cardíacos fetais que indicam asfixia fetal. Até à data, todos os ritmos considerados "preocupantes" continuam a incluir muitos bebés saudáveis. A recomendação mais correcta destinada a reduzir as cesarianas desnecessárias (...) parece ser a seguinte: não utilizar a monitorização contínua durante o parto em casos de gravidez normal.»

segunda-feira, 21 de julho de 2008

As recentes aquisições do meu menino












Espero que gostem. Beijocas fofas



Para que o banho seja um momento de relaxamento, despertar e partilha com o seu bebé.

Durante os primeiros meses, terá que mudar o seu bebé 4 a 6 vezes por dia: uma tarefa que precisa de um pouco de treino, mas também e sobretudo a escolha do material bem adaptado às suas necessidades e ao seu espaço.
• Conforto e segurança para o bebé, ergonomia e facilidade de utilização: veja bem do que precisa e escolha o material bem adaptado à idade do bebé e ao espaço de que dispõe.
• Aqueça a divisão em 24 graus e evite correntes de ar.
• Ofereça ao seu bebé brinquedos de banho que o vão divertir. O bebé terá prazer em observar primeiro e depois a apanhar e manusear esses brinquedos para depois salpicar os pais: o cúmulo da felicidade para os bebés banhistas! O bebé gosta particularmente de brinquedos que flutuam, mergulham, que se enchem de água ou que andam sozinhos.
• Bastam alguns brinquedos de banho, não é preciso enchê-lo de brinquedos porque não saberá dar a atenção devida a todos.
• Práticas para guardar os brinquedos de banho molhados, pense em ter caixas ou redes que se fixam na banheira e deixam escorrer a água.

Acessórios para o banho

Escova carícia e pente a condizer: (estes acessórios são todos da bebeconfort)

• Fáceis de agarrar para pentear o bebé com gestos cheios de ternura.
• Escova com cerdas de seda que produzem o efeito de uma carícia ao seu bebé.
• Pente com dentes redondos não agressivos.

Tesoura de lâminas curtas:

Protecção dupla:
• Lâminas curtas e curvas, adaptadas às unhas delicadas dos mais pequenos.
• Estojo de protecção para a proteger com segurança.
• Aros ergonómicos para ser bem agarrada.

Conjunto "Os indispensáveis" dos primeiros cuidados:

Estojo nómada que tem os produtos essenciais aos cuidados do bebé: desobstrutor nasal, termómetro electrónico, tesoura de pontas redondas, seringa para medicamentos.

Conjunto para a higiene:

Estojo lúdico para viajar com o bebé.
• Cheio de arrumos práticos e astutos (elásticos, redes e bolsos transparentes).
• Contem todos os produtos indispensáveis à higiene do bebé:uma escova e um pente decorados, um termómetro de banho e uma tesoura de segurança.

Termómetro frontal electrónico 2 em 1:

Especialmente adaptado e recomendado para os mais pequenos.
• Fiável e preciso, graças à sua tecnologia infravermelha, mede à décima perto a temperatura do bebé.
• 2 em 1, mede também a temperatura ambiente.
• Inteligente, memoriza as 10 últimas medições.
• Prático, guarda-se na sua caixa.


Grande tapete de banho peixe:

Pastilha termosensível que muda de cor quando a água estiver demasiado quente.
• Ultra aderente à banheira e antiderrapante para o bebé que chapinha num oceano de segurança.
• Testemunha de alerta quando a água estiver demasiado quente (>37°).
• Forma lúdica e espaçosa (70 x 45 cm).

Novidades nossas e mais uma semana passada

O Bebé
Seu bebé está crescendo e se desenvolvendo a uma velocidade incrível. As sobrancelhas e os cílios agora estão presentes, e os cabelos estão mais espessos. As pálpebras se abrem e os olhos estão completamente formados.
O corpo está mais roliço e rechonchudo. Pesa em torno de 1200-1300 gramas, mede cerca de 35 cm da cabeça aos pés.
O tônus muscular está melhorando gradualmente. Os pulmões já são capazes de praticar a respiração, mas se o bebé nasce agora ainda teria muita dificuldade para respirar. Tente falar bastante com ele pois já é capaz de reconhecer a sua voz.
A Mamã
Nesse período você pode começar a sentir caibras nas pernas, hemorróidas, varizes, indigestão ou empachamento após a alimentação, ressecamento da pele, inchaço, azia, etc. Seu útero está cerca de 12 cm acima do umbigo; a média de ganho de peso até agora está entre 8 a 12 quilos. Se você ainda não fez um teste de tolerância à glicose para saber se é portadora de Diabetes Gestacional, seu médico poderá pedi-lo nesta semana.
Em gestações de baixo risco suas consultas passam a ser quinzenais entre 28-36 semanas; a partir da 36ª semana elas passam a ser semanais. Durante essas consultas, seu médico vai checar a altura uterina, seu peso, pressão sanguínea, análise da urina (para pesquisa de infecção sem sintomas, açúcar e proteínas). Como o parto se aproxima, a posição do bebé é verificada e exames de toque vaginal são feitos para avaliar uma possível dilatação do colo uterino. Se alguma situação de alto risco é detectada (pré-eclâmpsia ou hipertensão induzida pela gravidez, Diabetes Gestacional, Placenta Prévia, Infecção Urinária, etc.), seu médico precisará de visitas mais frequentes para melhor acompanhamento da sua saúde e do bem estar do bebé.
Nessa fase você deve perguntar, perguntar, perguntar e perguntar....
Pois bem, nesta altura tenho tido muita azia, muuuiiitooo calor, algumas dores de costas, amanha vou fazer o teste da glicose (depois digo vos como correu), ao fim da tarde já não posso dos meus pés pois eles estão o dobro ou até o triplo do tamanho normal :$
Tenho tido a tensão um pouco alta, tento descansar, mas é um pouco dificil. Mil beijos para todas vós. Da mamã Sofia e do bebé Hugo

Um miminho


dado pela futura mamã Cristina. Agradeço do fundo do coração. Dou a todas as nossas visitas este miminho. Beijocas a todas vós.

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Menos uma semana para te conhecer

Olá mihas amigas, peço desculpa por não ter dado noticias, mas estivemos sem internet.
Comigo e com o meu pequeno está tudo bem, estamos a crescer bem e a comer bem. Espero que connvosco também esteja tudo bem. Venho desejar um grande beijo para a mamã Camy e os seus bebés, para a mamã Cristina e a sua Sofia e finalmente á mamã J e á sua bebé Carlota.

O Bebé



Durante essa semana o cérebro continua seu rápido crescimento e os pulmões já estão quase completamente desenvolvidos. Os pulmões são capazes de respirar o ar.
As ondas cerebrais do feto já se parecem com aquelas de um bebé ao nascimento. As pálpebras começam a se abrir e a retina começa a se formar.
Os olhos estão parcialmente abertos e os cílios estão presentes.
A sucção e a deglutição melhoram.
O corpo fetal possui apenas 2 a 3% de gordura. Os testículos fetais já desceram completamente e estão situados na bolsa escrotal. O feto irá crescer cerca de 1,8 cm, terá cerca de 32-33cm (dos pés à cabeça) e deverá estar pesando em torno de 1100-1200 gramas no final dessa semana.

A Mamã

Parabéns! Você acaba de iniciar o último trimestre da gestação. Sua respiração pode estar ficando mais curta. Seu útero tem o fundo situado perto das costelas inferiores e seus pulmões podem ter alguma dificuldade em expandir totalmente. Não se preocupe. Isso não provoca falta de oxigénio para o bebé.
Seu sistema circulatório agora já está adaptado a esta situação e é muito mais eficiente que antes da gravidez. São os benefícios de todo aquele mal estar hormonal do início da gestação.
Trabalhar ou não trabalhar . . . ? Eis a questão! Se você é uma mãe que trabalha fora de casa, deve estar pensando se poderá voltar ao seu emprego após dar à luz. Essa pode ser uma decisão difícil para algumas famílias que dependem da renda materna.
Informe-se sobre como poderá contornar essas situações com os profissionais de saúde e com pessoas que viveram essas experiências. Elas têm muita informação para você. Talvez contratar uma ama poderia ser a solução.
Um bom fim de semana para todas vós e para as vossas familias. Beijocas da mamã Sofia e do bebé Hugo

quinta-feira, 10 de julho de 2008

CURSO DE PREPARAÇÃO E EDUCAÇÃO PARA O PARTO

OBJECTIVOS DO CURSO:
Trabalhar as tensões e ansiedades sentidos pela grávida em relação à gravidez, trabalho de parto, parto, aleitamento e cuidados ao bebé;
Desmistificar os pré conceitos em relação a este processo e trabalhar as experiências anteriores;
Ajudar a criar os primeiros laços afectivos com o bebé antes e após o nascimento;
Ensinar estratégias para alívio do desconforto das contracções;
Ensinar técnicas de respiração e relaxamento para o trabalho de parto e parto (trabalhar as capacidades neuromusculares e respiratórias que facilitam o parto);
Preparar os músculos perineais para o parto, ensinando e treinando o período expulsivo;
Preparar para os cuidados a ter no pós-parto;
Orientação e apoio para a amamentação;
Preparar o casal para os cuidados a ter com o recém-nascido;
Proporcionar partilha de experiências entre as grávidas.

CONTEÚDOS A ABORDAR:

Anatomia e fisiologia da gravidez;
Alterações ocorridas durante a gravidez;
Identificação da contracção;
Sinais de trabalho de parto;
Tipos de parto e fases do trabalho de parto;
Tipos de anestesia;
Episiotomia;
Alterações psicológicas na gravidez e pós-parto; Sexualidade;
Legislação;
Cuidados de higiene e conforto ao recém-nascido;
Amamentação;
Prevenção de acidentes na primeira infância

PRÁTICA:

Exercícios de mobilidade e educação postural;
Técnicas de relaxamento;
Padrões respiratórios para o trabalho de parto e parto;
Período expulsivo.


MATERIAL NECESSÁRIO PARA AS AULAS:

Calça e camisola justas e confortáveis;
Meias;
Toalha turca;
Garrafa de água.

terça-feira, 8 de julho de 2008

Estamos no número

67 do Baby Boom-Top barriguitas

E só faltam...

98 dias para te conhecer meu bem. :)
Estou desejosa de te conhecer. Beijos a todas vós

26ª semana de vida do meu menino

Olá amigas espero que esta semana esteja a correr bem. A nossa está a correr muito bem.
É verdade, o bebé esta semana fartou-se de dar patadas, estava bastante "mexerico", deu para ver a minha barriga a mexer cada vez que ela mandava uma cotovelada ou esticava as pernas.
Para mim , foram momentos de muita alegria, é mais um passo que se concretiza e avança, cada vez mais, para o desejo final de ele estar comigo.

Bebé

O bebé está a pesando cerca de 900-1000 gramas e mede cerca de 31-32 cm de comprimento (dos pés à cabeça). Os vasos sanguíneos começaram a proliferar nos pulmões na última semana, os pequenos sacos de ar pulmonares (alvéolos) terminam a sua formação nesta semana.
Os pulmões continuam a produzir surfactante (um tipo de substância semelhante ao sabão) que permite a sua expansão durante a respiração.
Ao lado do crescimento pulmonar, o cerebro continua a aperfeiçoar a actividade de ondas cerebrais para os sistemas visual e auditivo.
A possibilidade de sobreviver aumenta dia a dia a partir de agora. Um bebé nascido nessa fase tem 70 a 80% de condições de sobreviver em prematuros.

Mamã

No final dessa semana está a completar o 6º mês de gestação; está a dizer adeus ao 2º trimestre da gravidez. O útero está cerca de 7 cm acima do umbigo. É frequente que ele apresente contrações e relaxe rapidamente; não entre em pânico.
Está a perceber as contrações de "Braxton Hicks". Elas são normais, indolores e acontecem em intervalos irregulares. Elas representam um tipo de preparo uterino para o parto, que ainda está longe.
Não esqueça que o útero é um órgão muscular, e como tal apresenta discretas e rápidas contrações, sem provocar a dilatação do colo uterino ou parto.
A alimentação neste fase é importante, necessita a partir de agora, cerca de 300 calorias adicionais por dia. Faça as contas para não exceder.

Acompanhamento da gestação por ultra-sonografia (USG)

A ultra-sonografia (USG) nesta fase da gestação avaliará o desenvolvimento , crescimento e as estruturas fetais. As pacientes que ainda não fizeram a avaliação morfológica através da realização da USG morfológica ( idealmente realizada entre 20 a 24 semanas de gestação ), não podem perder tempo!
Conforme já explicado no mês anterior, esta USG objetiva avaliar se o futuro bebê tem alguma malformação e essa é a melhor fase para que o bebê possa ser completamente avaliado! Após esse período, com o crescimento do bebê, a avaliação morfológica fica prejudicada

Dopplerfluxometria

A dopplerfluxometria estuda a velocidade de fluxo sanguíneo nos vasos. Durante a gestação, este exame serve para avaliar a vitalidade da gestação inicial (primeiro trimestre) e a partir da segunda metade da gestação serve para avaliar a saúde fetal e para avaliar riscos de aumento da pressão materna durante a gestação (pré-eclâmpsia) e de comprometimento do crescimento fetal.
Entre 20 e 26 semanas de gestação , o Doppler das artérias uterinas (principais vasos que nutrem o útero materno) tem o objetivo de identificar pacientes que apresentam risco aumentado de apresentar pré-eclâmpsia na gestação e restrição do crescimento fetal.
A persistência de alteração deste exame após a 26ª semana de gestação indica a presença do risco aumentado para estas alterações.
Já a avaliação fetal através do Doppler a partir da segunda metade da gestação, e principalmente no final da gravidez, tem o objetivo de comprovar o bem-estar fetal através da identificação de fluxos sangüíneos normais nos vasos fetais estudados.

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Novidades da consulta

Olá amigas, espero que esteja tudo bem convosco. Connosco está tudo muito bem.
Fomos hoje á consulta e então está tudo muito bem.
A TA está boa, o peso, aqui a mamã aumentou 2 kilos, tenho tido algumas contracções, então a médica, receitou-me magnésio e algum descanso, tenho os pés inchados no final do dia, o que recomendou colocar os pés ao alto.
Fizemos uma eco e o meu pequeno estava a xuxar no dedo, que fofo que ele é. Deu um ponta pé para a Sr. Doutora ver que ele não gosta que o perturbem :) (sai á mãe). E foi isto.
Beijocas para todas vós

terça-feira, 1 de julho de 2008

Triste

Porque é que tenho tantas visitas e ninguem cometa??
Fico triste, pois gostava de ganhar novas amizades e novos conhecimentos, trocar experiências com as mamãs mais experientes.
Mas nada posso fazer.
Beijocas para todas vós.

25ª semana

Tamanho do bebé:

A medida de seu bebé esta semana, da cabeça ao rabinho, deve estar em torno de 22cm. O peso do bebé é agora de aproximadamente 700g. Estas medidas são apenas aproximadas e podem variar de embrião para embrião como de gravidez para gravidez.

Desenvolvimento do embrião:

Seu crescimento continua sendo rápido e, agora ele começa a ter menos espaço dentro do útero da mamãe. Ele ainda possui pouca gordurinha mas as suas medidas são bem proporcionais agora. Suas mãozinhas abrem e fecham. Ele pode também, perceber luz no ambiente em que sua mãe se encontra.
Saber o sexo do bebé pode ser possível agora mas ainda pode ocorrer uma certa incerteza, especialmente se o bebé for uma menina. Algumas pessoas acreditam que dá para saber o sexo do bebé através das batidas do coração que variam entre 120 à 160 bpm. Aí, alguns acreditam que batidas mais rápidas indicam uma menina e uma mais lenta indica que é um menino. Infelizmente não há provas científicas para tal ocorrência.

Mudanças em seu corpo:

Você poderá começar a notar o aparecimento de estrias daqui para a frente. Elas aparecen principalmente no abdômem, quadris e seios. Previní-las é praticamente impossível mas você pode amenizar o seu aparecimento usando um sutiã bem firme para os seios e hidratando a pele várias vezes ao dia. O seu útero pode ser sentido agora por volta de 5cm acima de seu umbigo.